Apresentação

Autor:Rúbia Zanotelli de Alvarenga - Lorena de Mello Rezende Colnago
Páginas:19-19
 
TRECHO GRÁTIS

Page 19

A obra ora apresentada relata e analisa com profundidade o direito internacional, na área específica das Convenções da OIT. A leitura da presente e bem lançada obra é imprescindível a todos aqueles que pretendem se debruçar sobre o direito internacional do trabalho.

Num esforço coletivo, trinta e nove autores examinam, com profundidade, temas relativos ao direito internacional Público, em especial o direito internacional do trabalho, por meio de comentários detalhados às variadas Convenções internacionais do trabalho.

Trata-se, assim, de leitura do interesse não apenas dos profissionais e estudiosos do direito, como também de todos aqueles que, de um modo ou de outro, tenham seu olhar direcionado para o âmbito das relações internacionais do trabalho e da normatização internacional do trabalho.

A organização internacional do trabalho foi criada pela Conferência da Paz, assinada em versalhes, em junho de 1919, logo após a Primeira guerra Mundial, e tem como objetivos promover a justiça social e, em particular, promover os direitos humanos no mundo do trabalho. Desde a sua criação, portanto, a OIT está assente no princípio, inscrito na sua Constituição, de que não pode haver paz universal duradoura sem justiça social. A criação da OIT baseou-se, assim, em argumentos humanitários e políticos que fundamentaram a formação da justiça social no âmbito internacional do trabalho. O argumento humanitário fundamentou-se nas condições injustas e deploráveis das circunstâncias de trabalho e vida dos trabalhadores durante a Revolução...

Para continuar a ler

PEÇA SUA AVALIAÇÃO